Buscar
  • Administrador

Tumba de Tutancâmon é reaberta após uma década de reparos

Atualizado: 15 de Abr de 2019

A tumba do faraó egípcio Tutancâmon foi reaberta ao público nesta quinta-feira (31/01) depois de dez anos de trabalhos para preservar o local e reparar danos causados pela poeira, pela umidade e pelo turismo.


A tumba contém a múmia do faraó em uma caixa de vidro, assim como o seu sarcófago exterior, feito de madeira dourada.


Foto: REUTERS/Mohamed Abd El Ghany

Para o famoso arqueólogo e ex-ministro de Antiguidades Zahi Hawass, que iniciou os trabalhos, o projeto "salvou a tumba de Tutancâmon". Contudo, Hawass alertou que seria sensato limitar o número de turistas autorizados a visitar o local.

"Se deixarmos o turismo de massa entrar nessa tumba, ela não durará mais de 500 anos", disse. Em vez disso, turistas podem visitar uma réplica da tumba construída nos arredores, sugeriu.

"Temos que pensar no futuro a partir de agora. Em 500 ou 1.000 anos, se deixarmos a situação turística desta maneira, as tumbas do Vale dos Reis serão completamente arrasadas", disse.

A região do Vale dos Reis contém inúmeras tumbas construídas para faraós e membros da elite na época do Império Novo no Egito e fica na margem oeste do rio Nilo, próximo da cidade de Luxor.


Qualquer que seja o lugar vá mais tranquilo com o Seguro Viagem Unimed.




Múmia do menino faraó rei Tutancâmon em exposição em seu túmulo recentemente renovado no Vale dos Reis em Luxor — Foto: REUTERS/Mohamed Abd El Ghany

Quer ficar por dentro de tudo que postamos aqui, torne-se um membro agora.



Fonte: G1

4 visualizações